Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Governo estima redução de 30% nos acidentes no trânsito em 2017

Dados foram divulgados no encerramento da semana do trânsito Data da Postagem: 26/09/2017 | Fonte: Campo Grande News
(Foto: Divulgação).

O governo estadual estima uma redução de 30% no número de acidentes e mortes no trânsito, em 2017, no Mato Grosso do Sul - uma condição que vem se mostrando a partir de 2015. Esta projeção segue os dados levantados até o mês de agosto, sendo motivo de comemoração das entidades e autoridades, durante o encerramento da Semana Nacional do Trânsito, no auditório da Governadoria.

"Esta redução proporcional é significativa, mostra que estamos com melhores condições no tráfego e nas rodovias, com investimentos feitos pelo Governo, tanto em obras de pavimentação e recapeamento, assim como na fiscalização em todos os municípios", disse o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), durante o evento.

Ele também ponderou que as campanhas de conscientização são importantes, pelo que chamou de "inversão" nos dados sobre trânsito, já que se espera uma diminuição de acidentes, em relação ao ano passado. "Isto traz um reflexo positivo na redução de custos com a saúde, mas temos que diminuir mais, pois a maioria dos leitos ocupados é por acidente", disse o tucano.

Reinaldo ainda citou a parceria nas campanhas e fiscalização, com diversas entidades públicas e da sociedade civil."São trabalhos de conscientização para mudar a postura do motorista, que foram realizados com sucesso", descreveu.

Dados - Foi divulgado que em 2016 tiveram 12. 192 acidentes com vítimas e 11.716 (acidentes) sem vítimas, tendo 421 mortes no trânsito. Neste ano, em levantamento até o mês de agosto, ocorreram 7.552 acidentes com vítima e 6.567 sem vítima, com 224 mortes.

A diretora de educação no trânsito do Detran, Marlene Nogueira, ressaltou que o principal desafio das autoridades é "mudar o comportamento" das pessoas, com atividades de conscientização durante todo ano, com ações mais intensas em datas importantes. "Nós buscamos atingir todos os públicos".

Já em Campo Grande, o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Janine de Lima Bruno, ressaltou que é preciso retirar o "egoísmo no trânsito", com um trabalho direto com os motoristas, pedestres, motociclistas e ciclistas. "Dessa forma, somando-se ao respeito à legislação, teremos mais fluidez no trânsito".

Na Capital foram 5.371 acidentes sem vítima e 5.598 com vítima, além de 83 mortes em 2016. Já sobre este ano, até setembro, foram registrados 3.487 acidentes sem vítima, 3.671 com vítima, com 52 mortes.




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS