Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Rio já registra 34 mortes por febre amarela em 2018

Data da Postagem: 21/02/2018 | Fonte: MSN
(Foto: Divulgação).

Trinta e quatro pessoas já morreram em consequência da febre amarela no Estado do Rio de Janeiro em 2018, segundo boletim divulgado nesta terça-feira, 20, pela secretaria estadual de Saúde. O número de casos chegou a 77. Em relação ao balanço anterior, apresentado pela pasta na segunda-feira, foram confirmados mais uma morte e três casos.

A morte mais recente ocorreu em Teresópolis, que agora soma seis óbitos devido à doença. O município também ampliou o número de casos, de nove para onze. O terceiro caso foi registrado em Duas Barras, que agora tem cinco casos.

Dezessete municípios do Estado do Rio registram ao menos um caso de febre amarela. O município com mais ocorrências continua sendo Valença (17, com seis mortes), seguido por Angra dos Reis (12 casos e sete mortes), Teresópolis (11 casos e seis mortes), Nova Friburgo (7 casos e três mortes), Sumidouro (6 casos e duas mortes), Cantagalo (5 casos e três mortes), Duas Barras (5 casos), Rio das Flores (3 casos e duas mortes), Carmo e Maricá (2 casos e uma morte em cada município), Engenheiro Paulo de Frontin, Miguel Pereira e Paraíba do Sul (1 caso e uma morte em cada), Petrópolis, Vassouras, Paty do Alferes e Mangaratiba (1 caso em cada).

O Estado registra dez casos de macacos mortos pela febre amarela: em Niterói, Angra dos Reis, Barra Mansa, Valença, Miguel Pereira, Volta Redonda, Duas Barras, Paraty, Engenheiro Paulo de Frontin e Araruama.




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS