Naviraí em Foco - Em 3º dia de protestos, caminhoneiros mantêm bloqueios em 22 pontos


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Em 3º dia de protestos, caminhoneiros mantêm bloqueios em 22 pontos

Data da Postagem: 23/05/2018 | Fonte: Campo Grande News
(Foto: Divulgação).

Várias rodovias de Mato Grosso do Sul seguem bloqueadas nesta manhã (23) por causa de protesto dos caminheiros contra os sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis. No total, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal) são 22 pontos interditados.

Conforme a CCR MSVia, concessionária que administra a BR-163, há interdição em Eldorado (km 39), Naviraí (km 117), Caarapó (km 206), Dourados (km 256 e 266), Rio Brilhante (km 323), Campo Grande (km 462 e 477), Bandeirantes (km 550). O protesto não impede a passagem de carros de passeio, ônibus e ambulâncias. Apenas motoristas de caminhões e carretas são convidados a parar.

Também há manifestação nos trechos Amandina/Nova Andradina, Bataiporã/Anaurilândia, Cassilândia/Chapadão do Sul, Cassilândia/Inocência, Amambai/Ponta Porã. Conforme a Polícia Militar Rodoviária Estadual, as rodovias estaduais estão bloqueadas parcialmente.

A paralisação começou a repercutir no Estado no domingo (20), quando vários caminhoneiros decidiram não seguir viagem. Dezenas de veículos ficaram estacionados nos postos de gasolina na saída de Campo Grande. Na segunda-feira (21) eles chegaram a colocar fogo em pneus para fechar as pistas.

Os profissionais querem a redução da carga tributária sobre o diesel. Reivindicam a zeragem da alíquota de PIS/Pasep e Cofins e a isenção da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico). Impostos representam quase a metade do valor do diesel na refinaria. A carga tributária menor daria fôlego ao setor, já que o diesel representa 42% do custo da atividade.




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS