Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Professoras desenvolvem o Programa Agrinho na Escola Maria de Lourdes Aquino Sotana

Data da Postagem: 27/09/2018 | Fonte: Assessoria de Imprensa
Divulgação

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Maria de Lourdes Aquino Sotana, mais uma vez se vê diante de um desafio, Programa Agrinho 2018, que chegou até a escola, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR/MS e da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul – FAMASUL.

Este programa é desenvolvido no Ensino Fundamental das escolas da rede pública em parceria com as Secretarias Municipais e de Estado de Educação. Dessa maneira, o programa trabalha com uma proposta pedagógica baseada na Interdisciplinaridade e na Pedagogia da Pesquisa, abordando temas relacionados à ética, saúde, meio ambiente, orientação sexual, pluralidade cultural, trabalho e consumo, e temas locais, com enfoque na preservação ambiental.

O projeto Agrinho este ano teve seu inicio no mês de junho, onde levou os estudantes da rede pública a ter o conhecimento sobre preservação das águas, com o Tema: “Produzindo água no campo: O Agro, preservando o bem maior bem da Terra”.

Toda a unidade escolar participou do concurso de redação e desenho, porém são as professoras: Eliana Pires do 5º ano, Valdete de Souza do 7º ano e Ana Célia da Silva do 8º ano, que tiveram a iniciativa de escrever o projeto “Experiência Pedagógica”.

A professora Marli Cristiane Haas Ramos, coordenadora Pedagógica escreveu o projeto “Escola Agrinho”, que teve como finalidade a conscientização dos educandos, que a água não apenas necessita ser preservada, mas que faz-se necessário aumentar seu volume com qualidade, reflorestando as matas ciliares e preservação das nascentes, bem como orientar a responsabilidade de todos sobre o consumo consciente deste recurso natural, tanto nas casas, como na utilização na agricultura.

Neste mês de setembro, os projetos foram finalizados com a participação de toda a comunidade escolar e convidados em geral. Desta forma os professores acreditam que tanto alunos quanto pais enfim a sociedade num todo possa repensar suas atitudes em relação aos cuidados do bem mais precioso que é a água.




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS