Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Naviraí sedia a I Feira Regional de Ciência e Tecnologia

Data da Postagem: 28/09/2018 | Fonte: Naviraí Noticias
Divulgação

Com a solenidade oficial de abertura ocorrida na noite de quinta-feira (27), a Coordenadoria Regional de Educação (CRE-8), coordenada pela professora Cleusa Sarturi, sediada em Naviraí e que abrange os municípios de Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Juti, Mundo Novo, Sete Quedas, Tacuru e a cidade anfitriã, aconteceu a abertura oficial da I Feira Regional de Ciência e Tecnologia de Naviraí (FERCITEN), cujo evento foi realizado também nesta sexta-feira (28), das 07h30min até as 15h30min, com a apresentação de 45 trabalhos apresentados na quadra poliesportiva pelos estudantes da região.

Segundo a professora Cleusa Sarturi, o objetivo principal desta Feira é incentivar as atividades de pesquisa e iniciação à ciência e a tecnologia. Ela foi realizada com apoio da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul, através da Coordenadoria de Tecnologia Educacional (COTED) e incentiva a produção, a criatividade e a reflexão dos estudantes matriculados na rede pública dos municípios que compõem esta Coordenadoria Regional, bem como dos seus respectivos professores orientadores, nas diferentes áreas de conhecimento e etapas de ensino.

 

 

PRINCIPAIS OBJETIVOS DA I FERCITEN

A professora coordenadora do CRE-8, explicou os principais objetivos que é incentivar o protagonismo utilizando a pesquisa como ferramenta motivadora; estimular novas vocações através do desenvolvimento de projetos criativos e inovadores; realizar o intercâmbio entre as escolas jurisdicionadas à CRE8, criando oportunidades de interação espontânea entre os estudantes e professores das escolas; promover trocas de experiências entre estudantes, professores das escolas e da comunidade externa; desenvolver o espírito competitivo saudável; e, valorizar o trabalho em equipe, solidário, responsável e sustentável.

 

A ABERTURA

Depois da formação no rol de autoridades presentes, foi executado o Hino do Estado de Mato Grosso do Sul e a seguir aconteceu alguns pronunciamentos de integrantes do rol de autoridades.

A Escola Estadual Paulo Freire, de Iguatemi, fez uma belíssima apresentação cultural para abrilhantar a noite de abertura, cujo trabalho faz parte do Projeto Arte e Cultura na Escola. No final da apresentação, muitos aplausos foram endereçados a eles.

Depois da apresentação coube ao professor Paulo Cezar Rodrigues dos Santos, coordenador de Tecnologia Educacional da COTED/SED, proferir uma palestra com o tema “O uso das tecnologias no Mato Grosso do Sul: desafios e perspectivas”.

 

LANÇAMENTO DA REVISTA

Dando sequência à abertura oficial da 1ª Feira Regional de Ciências e Tecnologia de Naviraí (FERCITEN), ocorreu o lançamento da 1ª edição da Revista Educação: Interação e Movimento, que retrata nela a Oficina “A matemática está em tudo”, que surgiu com os trabalhos da Semana Nacional de Ciências e Tecnologia de 2017. A CRE8 proporcionou aos professores das escolas de sua jurisdição uma oficina pedagógica voltada para a matemática, resultando no desenvolvimento de vários projetos, dentre os quais 09 foram selecionados e publicados nesta edição da revista.

 

AMOSTRA DOS TRABALHOS

Nesta sexta-feira, a exposição dos trabalhos com os alunos autores dos projetos presentes para explicar a cada visitante que se interessasse o que era seu invento, aconteceu na quadra poliesportiva do Centro de Formação Profissional Senador Ramez Tebet, em Naviraí, a amostragem de 45 trabalhos bem elaborados e que despertou o interesse dos visitantes, tanto da classe estudantil como da própria comunidade.

Para Cleusa Sarturi, titular da Coordenadoria Regional de Educação (CRE-8), “acreditamos que durante a exposição dos trabalhos aqui no poliesportivo, mais de 3.000 pessoas aqui compareceram para ver de perto o trabalho e se não veio mais, foi porque faltou o transporte para que alunos de escolas distantes na área urbana, pudessem se deslocar até aqui sem muita perda de tempo”, ressaltou Sarturi.




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS