Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Defesa de André Puccinelli entra com novo pedido de liberdade no STJ

Data da Postagem: 29/09/2018 | Fonte: Dourados News
Divulgação

A defesa do ex-governador André Puccinelli (MDB), preso desde o dia 20 de julho durante nova fase da Operação Lama Asfáltica, entrou com um novo recurso no STJ (Superior Tribunal de Justiça) pedindo a soltura do político.

A ação foi protocolada pelo advogado Cezar Roberto Bitencourt, o pedido de habeas corpus segue em análise da ministra Laurita Vaz da 6ª turma do STJ, conforme informa o Campo Grande News.

Em outras duas ocasiões a defesa de Puccinelli teve o pedido de liberdade negado. A primeira negativa foi em 27 de julho, quando o ministro Humberto Martins não concedeu a liminar. Ele atuou no caso por ser período de recesso no STJ.

No dia 7 de agosto, o mérito do habeas corpus também “não foi conhecido” pela ministra Maria Thereza de Assis Moura. O documento também pedia liberdade para os advogados André Puccinelli Júnior – filho de Puccinelli-, e João Paulo Calves.

O ex-governador, o filho e Calves já tiveram pedido de liberdade negado também no TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) e aguardam julgamento de habeas corpus no STF (Supremo Tribunal Federal).

As prisões estão relacionadas à lavagem de dinheiro por meio do Instituto Ícone, cujo dono oficial é Calves, apontado como testa de ferro de Puccinelli Júnior. Além de ocultação de provas numa quitinete, onde foram encontrados documentos do ex-governador.

Ainda conforme o Campo Grande News, Calves está preso em uma sala especial no Presídio Militar de Campo Grande, que tem essa prerrogativa prevista em lei por ser advogado. Já o advogado Puccinelli Júnior abriu mão da sala para ficar ao lado do pai numa cela especial no Centro de Triagem Anísio de Lima, destinada a presos com ensino superior.




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS