Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Suspeito foge, mas comparsa é preso pelo DOF com 713 quilos de maconha

Data da Postagem: 09/05/2019 | Fonte: Campo Grande News
Divulgação

Durante fuga da polícia, um traficante abandonou um veículo Fiat Palio Adventure, roubado, carregado com 619 quilos de maconha às margens de uma rodovia em Caarapó.

 Um comparsa do fugitivo, no entanto, foi preso com mais 94 quilos da droga. A apreensão frustrou a viagem da dupla que havia saído de Pernambuco para buscar dois veículos carregados com a droga, na região de fronteira de Mato Grosso do Sul. 

O suspeito, de 28 anos, conduzia um veículo Onix com placas de Recife (PE) que foi abordado pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), durante fiscalização de rotina. Inicialmente, o condutor disse que morava em Campo Grande, mas não soube informar o endereço. A situação levantou as suspeitas dos policias que ao revistarem o veículo, encontraram a droga.

Durante as averiguações, o condutor do Palio se aproximou do bloqueio policial para fiscalização, mas não obedeceu à ordem de parada dos policias e iniciou a fuga em alta velocidade. Ele foi perseguido por cerca de cinco quilômetros até abandonar o veículo às margens da rodovia.

O suspeitou entrou em meio a uma plantação de milho e não foi localizado. O veículo estava lotado com os tabletes da droga. Questionado pelos policiais, o segundo suspeito admitiu que ele e o evadido haviam sido contratados em Pernambuco, para buscar os dois veículos carregados com a droga em Amambaí.

Durante as checagens os policiais ainda constataram que o Palio - que estava com placas de Maringá (PR)-, na verdade havia sido roubado em Cotia (SP), no dia 31 de agosto de 2018. Ao todo foram apreendidos 713 quilos da droga. A maconha e o preso foram encaminhados para a Defron (Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira).




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS