Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Naviraí - Usina termelétrica de resíduos sólidos solicita licença ambiental.

Data da Postagem: 08/01/2021 | Fonte: jornal do conesul
divulgação

A prefeita Rhaiza Matos recebeu ontem (06-01), em seu Gabinete, o empresário Miguel Salinas (Braspy Energy Brasil) que, no final do ano passado, assinou Parceria Público Privada (PPP) para a construção de usina termelétrica de resíduos sólidos.

Salinas reafirmou o compromisso assumido com o Município de Naviraí e destacou que está empenhado na liberação das questões burocráticas do empreendimento. “Hoje, estamos buscando o licenciamento ambiental, por isso, solicitamos apoio da Gerência de Meio Ambiente no sentido de, juntos, acelerarmos este processo obedecendo toda a legislação ambiental”, argumentou o empresário.

O gerente Luiz Alberto Ávila Júnior (Meio Ambiente) informou que já está articulando os procedimentos, inclusive, com consultas junto ao Instituto de IMASUL (Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul). “Estamos observando toda a regulamentação municipal, estadual e federal e, o mais breve possível queremos concluir este trabalho”.

A usina termelétrica exigirá investimentos de aproximadamente R$ 250 milhões. O sistema atua na utilização responsável do lixo resultando na proteção do meio-ambiente e, principalmente, garante a geração de empregos. 

“O desenvolvimento sustentável é meta de nossa administração. A implantação desta usina termelétrica de resíduos sólidos vem ao encontro de nossa proposta de atuar no combate à poluição ambiental, ao mesmo tempo em que estaremos solucionando um dos maiores problemas da cidade que é a destinação correta do lixo urbano”, destacou a prefeita Rhaiza Matos.




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS