Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Soja responde por um quarto do faturamento de MS com exportações

Data da Postagem: 15/11/2013 | Fonte: G1/MS
Foto: Divulgação

No acumulado de janeiro a outubro de 2013, a soja em grãos respondeu por mais de quarto de todo o faturamento de Mato Grosso do Sulcom as exportações. É o que apontam dados preliminares do Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior (Aliceweb), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), divulgados nesta quinta-feira (14).

Segundo o Aliceweb, nestes dez meses o estado teve uma receita com as exportações de 4,636 bilhões e desse total US$ 1,186 bilhão, o equivalente a 25,58%, veio das vendas da soja em grãos para o mercado internacional.
Outros três produtos do agronegócio completam a lista dos quatro principais itens exportados por Mato Grosso do Sul: celulose, com US$ 888,244 milhões (19,15% do total); açúcar com US$ 434,559 milhões (9,37%) e carne desossada e congelada de bovinos, com US$ 416,131 milhões (8,97%).

Os dados apontam que o faturamento do estado com as exportações entre janeiro e outubro de 2013 em comparação com o mesmo período de 2012, quando a receita atingiu US$ 3,519 bilhões, teve um incremento de 31,72%.
Em relação a soja, o Aliceweb aponta ainda que a oleaginosa em grãos produzida no estado é exportada para 26 destinos, sendo o principal comprador a China. Dos 2,250 milhões de toneladas vendidas por Mato Grosso do Sul para o mercado internacional nestes dez meses deste ano, 1,917 milhão de toneladas, o equivalente a 85,18%, teve como destino o país asiático.

Em relação a 2012, as exportações sul-mato-grossenses da oleaginosa para a China tiveram um grande aumento. Em volume o crescimento no acumulado de janeiro a outubro, na comparação dos dois anos, foi de 71,84%, de 1,115 milhão de toneladas para 1,917 milhão de toneladas e em receita o aumento foi ainda maior, 77,14%, saltando de US$ 569,566 milhões para R$ 1,008 bilhão.




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS