Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Clima em Caarapó continua tenso entre índios e fazendeiros

Data da Postagem: 16/06/2016 | Fonte: Portal do MS
(Foto: Helio de Freitas) Índios na entrada da fazenda Yvu, região de conflito ocorrido ontem.

Clima em Caarapó continua tenso depois de confronto entre indígenas e produtores rurais, que já dura quatro dias. Barreira formada pelos próprios índios logo na entrada da estrada que dá acesso as demais propriedades impede a passagem de pessoas que tentam entrar no local.

A estrada foi bloqueada por cerca de 50 índios. O corpo de Clodiode Aquileu Rodrigues de Souza, morto na terça-feira (14), durante conflito, está sendo velado em escola da aldeia. Já na primeira fazenda não é possível avançar pela estrada dentro da reserva. Único veículo autorizado a entrar foi uma viatura da Força Nacional.

Comissão de Direitos Humanos composta por deputados federais estão na reserva na tentativa de amenizar a situação. José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, Padre João (PT) e Paulo Pimenta, do Rio Grande do Sul, também do Partido dos Trabalhadores tentam negociar com os índios.

Apesar de impedir que pessoas entrem na propriedade, José Wilson de Souza, 54 anos, funcionário há 25 anos da Fazenda Novilho foi autorizado a entrar para pegar gados e maquinários. A intermediação para a autorização foi feita pelo procurador Marco Antônio do Ministério Público federal (MPF).

“Isso nunca tinha acontecido, a relação entre fazendeiro e índios sempre foi pacífica”, destacou José Wilson.

Conflito
Outros cinco indígenas que foram feridos a tiros durante o confronto foram encaminhados ao Hospital de Vida em Dourados, mas já tiveram alta. Apenas uma mulher ainda permanece internada. Clodioudo era filho do vice-capitão da reserva, Leonardo Isnardi, e foi uma das vítimas do confronto entre os indígenas e fazendeiros ontem na fazenda Yvu, próximo a aldeia Te’yikuê, em Caarapó.




Untitled Document
© NAVIRAÍ EM FOCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS